Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

Mauro Kwitko: O Renascimento em Psicoterapia Reencarnacionista

Nós não precisamos esperar morrer e nascer novamente para estabelecer uma meta de mudança em nossa maneira de ser. Podemos decidir isso aqui, na Terra, enquanto ainda vivos. Tendo a noção exata da continuação da vida, dentro do corpo atual ou dentro de um próximo, não é necessário morrer, subir para o Mundo Espiritual, voltar para cá, escolher o próximo útero, instalar-se lá dentro por 9 meses, nascer, passar por tudo aquilo que passa um nenê recém-nascido, acomodar-se no colo do papai, da mamãe, da titia, da vovó, nos acharem a cara de um, o nariz de outro, o pé de alguém, mamar, usar fraldinha, fazer xixi, fazer cocô, nos limparem com um paninho úmido, aprender a firmar a cabeça, aprender a sentar, aprender a caminhar, aprender a falar, entrar na escolinha, ir na pracinha, nos colocarem para assistir os programas infantis na televisão, ter amigdalite, dor de ouvido, ir no pediatra, fazer vacina, ir crescendo, olhando em volta, como é esse mundo dos grandes, aquela agitação toda, a b…

Mauro Kwitko: A doença da humanidade

Os “posts” seguintes serão uma seqüência de textos do Mauro Kwitko, esclarecendo uma porção de assuntos relacionados a Psicoterapia Reencarnacionista, Regressão Terapêutica, Regressão Conciencial, Reencarnação, Reflexões, Expansão da Consciência e muitos outros assuntos.
Esta série de textos do Mauro Kwitko tem como objetivo principal a ampliação, divulgação e esclarecimentos deste magnífico trabalho trazido por ele diretamente do mundo espiritual para o consultório com o nome de Psicoterapia Reencarnacionista.

Aproveitem!!
A doença da humanidade
::
Mauro Kwitko::
Muito se tem falado hoje em dia sobre a origem real das doenças físicas, ou melhor dito, as manifestações patológicas que surgem em nosso corpo físico. Alguns médicos da Medicina tradicional ainda relutam em aceitar e integrar ao seu cotidiano novas maneiras de avaliar a doença, movidos por um receio difícil de entender. Teimosamente, preferem deixar isso completamente de lado, ou a cargo dos psicólogos e psiquiatras. Mas outr…